terça-feira, 14 de julho de 2009

dica 020 - Percorrer o "Caminho de Santiago de Compostela"


O sonho dourado da Classe Média é percorrer o Caminho de Santiago de Compostela. Para se tornar um membro da Classe, entretanto, basta dizer que tem vontade. Os que chegam a cumprir o ritual somam um percentual bem reduzido do rebanho médio-classista. A estes, cabe a coroa de médio-classista-ultra-praticante, ou seja, são os "bitolados" em médio-classismo, os "militantes", aqueles que votam de olhos fechados no DEM e no PSDB, fazem parte do movimento "Cansei", acham um absurdo a prisão da dona da Daslu, consideram Roberto Justus e Bill Clinton como ídolos, etc. Calma: para ser médio-classista, não é necessário tanto ainda no início. Uma coisa de cada vez. Basta dizer para todos que este é seu sonho.

O tal caminho de Santiago consiste na junção de vários comportamentos e ações que compõem o modo de vida do ser da classe. Ele é composto de: 1) viagem à Europa; 2) falso misticismo para tentar impressionar as pessoas; 3) dois pés no Catolicismo; 4) fincar dois pés no Catolicismo e ao mesmo tempo não se comprometer com a doutrina; 5) poder contar à todos sobre "privação" e "sofrimento" sem ter passado por isso... e muitas outras.

Na verdade, o que conta mesmo é mostrar aos outros que você tem cultura suficiente para querer isto, e também o anseio de uma "elevação espiritual". Com isso, você mostrará ao seu interlocutor que tem bens e grana. Você já viu pobre se preocupando com "elevação espiritual"? Isso é pra quem tem dinheiro!

Agora, se você chegar ao nível máximo de médio-classista e realmente for à tal caminhada, nunca se esqueça: encha a sacola de todo tipo de souvenier que encontrar por lá!

14 comentários:

Lex Blagus disse...

Genial ! Este artigo merece o Pulitzer categoria post

Adilson disse...

Sensacional...
Paulo Coelho é o rockstar da classe média.

Juliana disse...

hahahaha esse blog é o máximo estou me deliciando!muito inteligente!

Duda disse...

A-DO-REI!

Somnia Carvalho disse...

hahaha...


cheguei ao seu blog pelo da marjorie e fui lendo e lendo... to nesse aqui agora...

eu sempre pensei nesse negocio de samtiago de compostela desse jeito... uma forma bem confortavel de parecer mistico, bom e de deixar todo mundo pensando que vc ja evoluiu bastante como ser humano... hhaha

Anônimo disse...

epa, peraí! "Contar à todos" com crase no 'a' é típico de classe média, não é esperado em blogueiro CRÍTICO da classe média...Vc está se medioclassizando!!!!

Anônimo disse...

Meu caro,
acho que nessa vc se enganou, O classe média até diz, faz a propaganda de que sonha, pensa, quer fazer o Caminho de Santiago. Mas chegar a fazê-lo, nenhum classe média faz. O Caminho de Santiago, assim como outras opções do gênero, é típico de quem gosta de fazer trilhas. O classe média não é chegado numa caminhada de meio dia, qto mais de dias inteiros, mochila nas costas e barraca. Infelizmente o Caminho de Santiago ficou estigmatizado com o livro do Paulo Coelho, como busca por crescimento espiritual etc... Percorrer esse ou outros caminhos do gênero, a pé, durante dias, com mochila nas costas, dormindo em barracas, etc defnitivamente não é o tipo de coisa na qual se enquadra um "classe media".

Anônimo disse...

Da minha experiência posso dizer que o Caminho de Santiago é um dos lugares mais formidáveis em que estive na minha vida. Essa análise de "classes" é no mínimo equivocada e talvez preconceituosa. Conheci pessoas que jamais as veria no meu dia a dia habitual. Respeito a opnião do autor do blog, mas deixo aqui um convite: que procure informar-se mais,pois estou certo, por experiência própria,de que essa caminhada, apesar dos apelos jornalísticos, vale muito a pena ser feita por qualquer pessoa, de qualquer idade e classe social. O Caminho de Santiago existe há mais de 1000 anos, certamente não duraria tanto se fosse modismo.Alguns brasileiros julgam o caminho pela associação que fazem com a imagem negativa que tem de Paulo Coelho, mas meu caro isso é um equivoco, seria o mesmo que construir uma imagem a seu respeito pelo que diz o seu vizinho. Não seria injusto? Para qualquer coisa na vida o ideal é fazer uma análise imparcial e de coração aberto. Um abraço cordial a todos. Fábio Ungaretti Ricco.

fabioungarettiricco disse...

Da minha experiência posso dizer que o Caminho de Santiago é um dos lugares mais formidáveis em que estive na minha vida. Essa análise de "classes" é no mínimo equivocada e talvez preconceituosa. Conheci pessoas que jamais as veria no meu dia a dia habitual. Respeito a opnião do autor do blog, mas deixo aqui um convite: que procure informar-se mais,pois estou certo, por experiência própria,de que essa caminhada, apesar dos apelos jornalísticos, vale muito a pena ser feita por qualquer pessoa, de qualquer idade e classe social. O Caminho de Santiago existe há mais de 1000 anos, certamente não duraria tanto se fosse modismo.Alguns brasileiros julgam o caminho pela associação que fazem com a imagem negativa que tem de Paulo Coelho, mas meu caro isso é um equivoco, seria o mesmo que construir uma imagem a seu respeito pelo que diz o seu vizinho. Não seria injusto? Para qualquer coisa na vida o ideal é fazer uma análise imparcial e de coração aberto. Um abraço cordial a todos. Fábio Ungaretti Ricco.

M>média disse...

Hum... sei não...
Falar ainda vai mas por o pé na estrada acho muuuuito complicado... dá bolha... não tem hidro...e o cheiro dos albergues??? ai jisuiscristinho... será que tem algo mais em conta pra salvar a minha alma???

Todavía no... disse...

huahauhauhauhauhauhauahuahuahuahuauahuahuahuahuahuahuahuahuahauhauhuah

GENIAL!!!

é tão bom ver a classe média 'pegando ar' (gíria pernambucana - em outras palavras - ficando p*)

Cristina disse...

kakakakaka...ri demais...e pior, de mim mesma, pois meu sonho é percorrer o Caminho de Santiago. Sonho que vem desde os anos 70 e nunca imaginei que um dia se tornaria um clichê da classe média...tenho que repensar meus conceitos, talvez quem sabe repenso percorrendo o caminho...hihihi

Larissa disse...

Bom, você com certeza nunca teria esse interesse, já que elevar nível espiritual, no seu caso, é evoluir além de uma ameba.
Fato muito visível por muitos dos seus fieis escudeiros, leitores assíduos de seus textos GENIAIS!


Você tem certeza absoluta de ser um humano tão desenvolvido e desprendido das correntes de SER um componente "modelo" da sociedade atual. Julga os outros como se fosse imparcial e desprovido de reles desejos e sentimentos mortais! MAS VOCÊ É UM SANTO!
como ainda você não virou o presidente da república? Aposto que queriam te eleger, mas você é evoluído demais para isso...
É patético o quanto você tem certeza de suas verdade absolutas...

Eu quero SIM fazer o caminho de Santiago. Pretendo SIM uma evolução espiritual. E não me importo em dar meu sangue trabalhando para conseguir fazer essa viajem. E não diga que todos o fazem por auto-promoção, você não conhece nada além de seu mundinho medíocre de pessoas perfeitas a quem você repudia. É só mais um menino (que pra mim, ainda é menino mesmo) que quer aparecer de intelectual para um grupinho de pessoas tão juvenis que nem você, e para o qual você luta sim por ser aceito.

Vou te contar um segredo, você é um ser humano. E nunca vai poder fugir disso. Assim como todos nós. Todos queremos ser aceitos e fazemos coisas que muitas vezes são induzidos pela sociedade e seus preceitos de perfeição, cidadania e consenso. Mas não ache, não JULGUE, que todos tenham uma cabeça tão fechada, uma visão tão limitada de VIDA.

Girondino Wanabe disse...

HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA!!!
Não aguento!! HUAHUAHUA!!!
Você é muito engraçada Larissa!!!
Issaê, quem ele pensa que é? Fica assim expondo e estigmatizando o nosso ueiófilaifi... daqui a pouco, qualquer unzinho vai poder se epiritualizar, ser evoluído e virar mídouclés. Defenda-nos!