terça-feira, 21 de abril de 2009

dica 009 - Ser espírita

Para ser um médio-classista padrão, você deve ser espírita. Não interessa se você tem outra religião.
A Classe Média, em geral, é católica. E ser católico significa comparecer à Missa aos domingos (claro que nem todos), para que todos te vejam com a roupa de sair no fim-de-semana. Esta religião não requer muito compromisso nem conhecimento, basta você dizer que acredita em Deus "do seu jeito".
Mas a religião mais Classe Média, de longe, é o espiritismo. Se o catolicismo não requer compromisso, o espiritismo dá de dez em liberalismo. Isso porque esta doutrina te permite ser de qualquer outra religião ao mesmo tempo. Quase todos os espíritas são católicos ou praticam outra religião paralela. Quem não o faz, é considerado um xiita. E médio-classista que se preza não é xiita em nada.
Entender o espiritismo não é difícil. Toda a sua doutrina se baseia no fato de que quem é da Classe Média, é mais inteligente que todo mundo. É uma religião que se diz calcada em fatos "científicos", como a vida após a morte, a volta do mundo dos mortos, e a levitação da alma fora do corpo, e outros eventos cientificamente comprovados.
O principal mote dessa religião, no entanto, está em justificar o motivo de você ter uma boa condição de vida (mesmo "sem ser rico"). De acordo com os métodos científicos do espiritismo, todo mundo encarna e reencarna várias vezes, e toda vez que se encarna, vai-se ganhando pontos pela experiência. Assim, quem hoje é inteligente, bonito e rico, é porque é mais "evoluído" que os pobres, feios e que não estudaram, pois ganhou mais pontos nas fases anteriores. Ou seja, se seu pai é rico (digo, "remediado"), você pode se considerar mais evoluído que o porteiro do seu prédio (que deve ter feito burradas nas fases anteriores e não ganhou muitos pontos).
Portanto, não é nada difícil entender o espiritismo. Só não entende quem é burro. E na Classe Média não tem burro, afinal, ali todo mundo já matou muito chefão-de-fase nas vidas anteirores.

95 comentários:

Pablo Lima disse...

Algumas inverdades sobre o espiritismo, mas não sobre a Classe Média espírita!

Babe disse...

Ahahahahhahahaaa... Hilário, todo o site e os textos... Só falta um pouco de informação sobre o espiritismo... Mas pra um médio-classista tá bom.

Anônimo disse...

Ainda no tema religioso, acrescento também a Igreja Batista. Ser "crente" é coisa de pobre, mas ser da Batista é o supra-sumo da classe-média... hahaha

brasil disse...

Hehehe...sou espírita e não concordo com o comentado sobre a doutrina em si, um tanto superficial. Mas concordo plenamente qdo diz que a classe média curte, sobretudo na superficialidade que com que ela trata a coisa.

Baderneiro Miserável disse...

Fraquinha essa avaliação do espiritismo...preconceituosa também.;

E olha que eu sou um ateu convicto.

Anônimo disse...

mas aê, ô - fala sério! classe-media meeeesmo é macumbólico, cara!
saravá!

Anônimo disse...

É .. uma vez vi um dirigente de um centro espírita em Perdizes (bairro classe média de São Paulo ) que disse o seguinte:

"Que pobre só serve para duas coisas: jogar futebol e proporcionar reencarnação."

Raquel disse...

Pô, eu sou espírita, mas esse blog é tão bom que não consigo me incomodar com isso. Concordo com o pessoal, o espiritismo não é bem isso aí, mas como a classe média tem o dom de avacalhar tudo, pra muita gente a doutrina vira isso mesmo. O mais classe média pra mim é frequentar a casa espírita, mas fazer questão de casar na Igreja. Ah, concessões...!

Parabéns pelo blog, bom demais.

BLOGDOED disse...

Cara, na boa. Nada a ver isso que vc escreveu sobre o espiritismo. Preconceito as avessas?

Srta. Cabeça de Batata disse...

Sou católica (batismo) mas optei pelo espiritismo. Pq? Pq o catolicismo sim é totalmente a la classe média. Acho uma religião totalmente preconceituosa. Não generalizo os seguidores, porque tem (e mto) essa classe que vai por status na missa, e têm as senhoras tradicionais, que vc vê que elas estão ali porque realmente acredita na coisa e passa a vida inteira com seu terço na mão, não só indo na missa.

E fazendo um link sobre o que escreveu a respeito dos best-sellers, a classe média que é espírita por "moda" ou por acreditar nessas "evoluções de fases anteriores", são exatamente as que lêem Zíbia Gaspareto e o que é b.s. sobre o tema. Quem é espírita de verdade, se aprofunda. A classe média pode gostar de tudo o que as pessoas "nerds" (me incluo nisso) realmente gostam sobre um determinado assunto, mas superficialmente. Quer saber quem é a "classe média" pergunte quem é o autor dos best-sellers que eles lêem, eles só dirão o nome do livro e olha lá, pode apostar.

Adilson disse...

O espiritismo ta diretamente relacionado com um grau de instrução maior, nem sempre de evolução. O espiritismo é um braço da maçonaria e a AMORC que de fato não é pra pobre nem pra peão e assim como o espiritismo vê muito além do seu ponto de vista cult freak loshermanos vintagista. Dica: caça sobre os maçons ! esses merecem um lugar aqui ! fikdik

Adilson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

viu? foi soh postar esse que um monte de espirita classe média apareceu pra comentar..hehe

Danilo Basile disse...

"Algumas inverdades sobre o espiritismo, mas não sobre a Classe Média espírita! "

Concordo com os outros palpiteiros!

Cara, nos textos de allan kardec ele deixa bem claro que a desigualdade social na sociedade é fruto dos homens e eles é que são responsáveis por as corrigir (ou seja, que pobreza e riqueza são determinadas por Deus).

E também em nenhum lugar tem esse lance de o rico ser mais evoluído pq conquistou riqueza e "pontos de experiências" e cultura.

Ficadica.

Bruno da Cunha disse...

Ser médio-classista nesta vida é perder um ponto na próxima! rs...

Anônimo disse...

Ser classe média é fazer um bloguinho tirrando sarro dos outros companheiros classe média.
E achar engraçado...

Sabrina Rodrigues disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lu disse...

hahahahahahaha
A-DO-REI o texto!!

Me lembrou bastante um outro que li, sobre os "espiritões": http://www.rv.cnt.br/viewtopic.php?f=1&p=392524

Fantástico!! rs

Ah, e amei o blog!

Ricardo disse...

hahahahahaha

Só lí o título e já concordei e gostei!!

Anônimo disse...

Espitismo nem é religião.

canhoto disse...

entendi.

só uma dúvida:

será isto descrito no final do texto mesmo espiritismo ou darwinismo social?

Anônimo disse...

Cara, não sei que espírita você conhece. Minha mãe é espírita e pensa exatamente o contrário, que todo rico é mal caráter, e que se você ganha algum dinheiro nessa vida é uma forma de provação, então é melhor você doar tudo aos pobres porque senão na próxima você vem ferrado. E ela pratica isso, por incrível que pareça.

DanEzq disse...

Discordo com muito o que você disse no texto. De forma simplista, para muitos, o espiritismo é só isso que você disse. Mas essa é uma visão como eu disse, simplista, superficial, e parcialmente incorreta. O objetivo das reencarnações é o de passar por provas. Um espírito bem evoluído pode estar tanto em uma vida rica, quanto em uma vida miserável. Em uma ele pode estar aprendendo a lidar com ambições, na outra ele pode estar aprendendo a lidar com dificuldades. Ou pode estar ajudando a outros espíritos menos evoluídos em ambas.
Tanto que dizem que dinheiro não traz felicidade. Há espíritos muito evoluídos que nasceram em condições extremamente humildes.
Reveja alguns conceitos.

Abraços! E espero que leiam meu comentário.

iaiá disse...

bom, estudo o espiritismo, entre outras religiões, há mais de 15 anos. Alguém aí em cima disse que espiritismo não é nem religião. para Kardec, fundador da doutrina, espiritismo era um tripé: ciência, filosofia e religião. Não vou entrar no mérito de discutir isso aqui. Não cabe, o blog é pra fazer troça.
Apareceram vários para defender pq a visão do post realmente foi muito superficial e errônea em vários pontos, mas concordo que é exatamente assim que o leitor de Zíbia Gasparetto- best seller superficial, vê a coisa.
Momento hilário da coisa é frequentar centro kardecistas e centros também de umbanda, mas sem o mínimo conhecimento espiritual e aí demonstar o momento barganha com que o classe média vê o esperitualismo. às vezes o dirigente está lá na fente dando uma palestar interessante (às vezes o cara é chao mesmo) e a gaelar la´atrás fazendo fofoquinha e barulho, numa total falat de respeito, foi lá só barganhar favor com o "santo" mudança de interior zero...isso é o classe média way of life no espiritualismo.e quase sempre vão a todos os cultos de todas as religiões posíveis para resolver seus problemas terrenos, por isso me parecem que adoram a Sara nossa conta, ops, terra.

Camis Mendes disse...

Nota-se que você é um médio-classista medíocre. Vai estudar a doutrina meu querido! Não tem absolutamente nada a ver com o espiritismo o que você escreve aqui. O seu blog até que é divertido mas beeeeem superficial, exatamente como você deve ser.

Anônimo disse...

o que você ganha falando mal dos outros?

Anônimo disse...

Nego leva a vida num seminário p se tornar padre católico, outro nego cursa teologia p poder virar um pastor de classe média (é, pois tem estudos), e no fim uma negada toda pagando dízimo p garantir seu lugarzinho no céu....hehehe..isso é religião...espiritismo é doutrina.

Adriana Braga disse...

Seu blog é bem legal. Mas não gostei desse artigo.
Inverdades e preconceito. =)

Concordo com o moço acima que disse ser ateu.

Alexandre disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Agora não tenho mais dúvida: vc pertence à classe média preconceituosa que tanto crítica.

Faça sua autocrítica também! É uma atitude libertadora.Afinal, ninguém é perfeito.

Fui.

Ana Maria

Alexandre disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alexandre disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Alexandre disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Deu para ver que você se refere a um espiritismo vulgar medio-classista. Quem levou a sério como ofensa, interpretou mau.

kazuo disse...

Os espiritas que conheço, se consideram mais evoluidos(bonitos, inteligentes)que os outros já nessa encarnação. Por isso, foram escolhidos por deus para uma missão.já conseguem conexão wireless com o além.Imaginem, pobres ateus como eu que vou morrer pagão.Nas proximas encarnações vão vir tão evoluidos,tão evoluidos,que já vão nascer quase deus.aguenta!

diariodebordodanaudosinsensatos disse...

Na mosca..como sempre..so esqueceu de citar que a turma sempre fala assim...ahhh.."mas eu sou kardecista"(na França se espantam por esse negocio ter pegado por aqui..lá ninguem nunca levou isso a sério) para separar do macumbeiro que é pobre e preto. Depois quando informam qual o "centro" que frequentam dizem: "pq lá vai medico, engenheiro"..nunca vai dentista nem advogado sabe-se lá pq.

Hamanndah disse...

Eu não tenho religião, mas acredito em Deus e na re encarnação. Mas, o que tenho a dizer que o Espiritismo é uma religião muito lógica e profunda, além de ser uma filosofia consoladora

kazuo disse...

Esqueci de dizer, no post anterior. Vc acha que eles vão reencarnar onde?Brasil?Não. Africa? Não.Imagina reencarnar preto e pobre.Tá provado cientificamente que vai ser num país mais evoluido, e é claro numa classe supeior.Vc tem alguma dúvida?

Pedro disse...

hahaha. acho que cê tá confundindo espiritismo com D&D.

Ludista disse...

Muito bom... afinal em todas as religiões e mitos que acreditam em metempsicose (que é a "reencarnação" de humanos para humanos, já que reencarnação inclui animais), o fato de se estar evoluindo é sempre reencarnar em um corpo mais deficiente, com mais questões complicadas para, ao fim da jornada, o desenvolvimento da "alma", pneuma ou seja lá o que for.

Mas o pensamento "videogamico"/Spore dos classe média é assim mesmo, só se entende o que se quer entender e só se acolhe o que o justifica.

Ludista disse...

ps: Os "espiritas" cairam matando hein? Muito adequado.

valmir disse...

eu tentei ler O Livro do Espiritos do Alan Kardec..parei quando ele diz com todas as letras.."os pobres precisam acreditar em possibilidadees de outras vidas
senão nada os impedirá de tirar tudo dos ricos e os matar"..daí entendi tudo e fui fazer outra coisa..

Karina disse...

hahahaha muito bom seu blog...

a intenção é justamente essa...provocar quem é da classe média e principalmente quem acha que não é da classe média...

em tempo: sou espírita

Flávia disse...

Ê Laia!

Fala sério, hein? O blog é muito bom, adoro ironia fina, mas poxa - se intere dos fatos um pouco mais: a sua exposição sobre o espiritismo foi bastante superficial e preconceituosa.
No entanto, concordo que , para muita gente, o ser diferente é que é bacana - e acho que a doutrina espirita, ainda muito mistificada para os leigos, exerce esse "poder do diferente".

Um abraço

Tonhão disse...

Hahahahahh
Muito bom!
O fecho foi engraçado também pra classe média que adora um video game: "matar um chefão-de-fase".

Don Doca disse...

aqui so tem espirita ..de porca..

Anônimo disse...

Achei o texto bárbaro, mas discordo com relação ao espiritismo. Burro é o autor que critica uma religião generalizando pontos de vista absurdos, por não ter informações sobre o tema!
Apesar se não se considerar médio classista, comentários desta forma o tornam um crítico sem qualificação.

O que o autor afirma não compete com a verdadeira filosofia. Podemos considerar que o tal "médio classista" pense desta forma, mas a doutrina prega a reencarnação não como uma evolução material, mas apenas espiritual, de conhecimento e desenvolvimento de características que aprenderemos durante nossa vida. Reencarna-se sem saber as conquistas, direitos ou deveres. Não existem "pontos de experiência" (como no RPG) acumulados! Em suma, toda vida é um novo aprendizado.

O médio classista usa o espiritismo apenas como modismo, por ser algo "moderno", diferente do bom e velho catolicismo (que pasmem!) está se renovando constantemente como qualquer corrente religiosa.

Isto é apenas um adendo pessoal, tendo em vista que já estudei diversas religiões e sou espírita (sim!), mas consciente de minha condição humana.
Erramos e aprendemos, assim evoluímos como pessoas, este é o princípio da vida!

Talvez assim o autor mantenha o foco apenas no ponto de vista econômico e social, ao invés de abordar áreas que não domina.

Forte abraço

A Lesma Lerda disse...

Na mosca..como sempre..so esqueceu de citar que a turma sempre fala assim...ahhh.."mas eu sou kardecista"(na França se espantam por esse negocio ter pegado por aqui..lá ninguem nunca levou isso a sério) para separar do macumbeiro que é pobre e preto. Depois quando informam qual o "centro" que frequentam dizem: "pq lá vai medico, engenheiro"..nunca vai dentista nem advogado sabe-se lá pq.

ReMo disse...

O blog é sensacional, mas, como já falaram, faltou um pouco de informação sobre o Espiritismo em si. Mas o espíritas verdadeiros não ficam bravos com isso não! Parabéns pelos excelentes textos!

Alessandra disse...

os medio-classistas podem dizer q são espiritas, mas não são mesmo, pq mts de suas ações os colocam distante do que a doutrina espírita ensina.

Julyanna disse...

Esses espíritas ou não entenderam a coisa ou não têm humor. shdusiahdiua (y)

Valmir Marques disse...

se as formigas pudessem pensar, nos louvariam quando deixássemos cair açúcar e aceitariam resignadas quando as exterminássemos logo a seguir, talvez vendo no fato a justa punição por supostos pecados. E elas saberiam tanto sobre nossos motivos quanto sabemos sobre os de Deus. O Deus que nós mesmos criamos para tentar explicar um mundo que não faz sentido.

fabricio disse...

Só um palpite camarada: c for falar de alguma coisa, tenha sempre em mente q deve conhecer o assunto a fundo; e sobre o espiritismo......te digo a msm coisa. Primeiro estude...... e depois pense muito bem no q vai falar sobre ele. Caso contrário a piada será vc....

Joana disse...

Gosto muito do seu blog. Acho inteligente e divertido. Mas o que escreveu aqui sobre Espiritismo não é verdade. Você difama uma doutrina séria e que em absoluto prega o que você escreveu aqui. O espiritismo é para TODOS.

Genital Lacerda disse...

quem diria: o que mais incomoda a classe media é essa maluquice de espiritismo e a questão das cotas..
é muito interessante refletir sobre a ligação entre os dois temas.
O mito da "educação" como paneceia de todos os males e a "evolução"
espiritual decorrente.

Genital Lacerda disse...

quem diria: o que mais incomoda a classe media é essa maluquice de espiritismo e a questão das cotas..
é muito interessante refletir sobre a ligação entre os dois temas.
O mito da "educação" como paneceia de todos os males e a "evolução"
espiritual decorrente.

Anônimo disse...

Fantástico!

Danielle disse...

Gostei do ESPÍRITO irônico!!!
Muito espirituoso este blog!

Germano disse...

Muito bom o blog! Parabéns pela crítica e o humor!

Uma dúvida para o Valmir: em que parte de "O Livro dos Espíritos" posso encontrar essa passagem que você atribui a Kardec?

Abs!

James C. McBryan disse...

Socorro!!! Os espíritas estão saindo dos corpos!!!

Eles vêm atacar!!!

:)

Na boa, do pessoal que andou criticando o post: e classe média é para se levar a sério??? :D

Marina C. disse...

Completamente equivocada a sua visão preconceituosa. Você deveria se informar mais sobre o que escreve. Em momento algum o espiritismo diz que um é melhor que outro por dinheiro. Pelo contrário, grandes nomes espíritas, como CHICO XAVIER, não eram ricos e eram melhores que muita gente.

O espiritismo vai dizer que viemos deste modo por algum motivo, e que devemos tudo fazer para progredir. E que o dinheiro consome tanto que na maioria das vezes, quem opta por vir com dinheiro, principalmente muito dinheiro, falha absurdamente, envolto aos prazeres materiais.

Talvez você devesse mudar certos pontos no seu texto ao inves de generalizar ao falar da doutrina espírita. Seu ponto de vista é equivocado e mal informado.

André disse...

Cara, muito engraçado o que escreveste! Acho que alguns espíritas aqui estão levando as coisas muito à sério. Mas vou te dizer que é mais ou menos assim, eu já acreditei muito nestas coisas e meu pai ainda é espírita. Contudo, com a minha fomação (em Ciências Sociais) não tenho como acreditar em uma religião (sim, os espíritas podem espernear e negar até a morte, mas é religião)baseada no evolucionismo, no positivismo, cientificismo e muitos outros "ismos". Há sim um preconceito sutil imbuído no espiritismo; homossexuais, índios, negros, pobres são sim almas que ainda não evoluíram suficientemente, seja moral ou intelectualmente e ser pobre é sim uma provação, ser nego é uma provação.
É interessante se virmos a maioria dos livros espíritas, dificilmente se verá um "espírito superior" negro, mas a maioria dos negros são "obsessores" - nem sempre isso acontece, mas leiam os livros e vejam as descrições.
Muitos esquecem que essa religião surgiu na França do séc XIX, em uma Europa bombardeada por pelas idéias de Comte, Marx, Darwin e por aí vai...
Parabéns pelot texto, ele toca nas feridas dos dois grupos, como podemos ver pela quantidade posts aqui. :)

Anônimo disse...

Tem um outro adendo:

Chico Xavier apoiou a DITADURA MILITAR. Só ler o livro do Marcel Couto Maior !!!!

Anônimo disse...

Muitos são os chamados, poucos os escolhidos.

Anderson disse...

Parabéns pelo texto!
HAHAHA! É bem isso mesmo!
O blog é ótimo, só não esperava que tantos médio classistas (vide comentários) o prestigiassem. Você certamente terminou vários quests nas vidas passadas.

Anônimo disse...

André, exatamente isso. Se os negros não são obsessores, são pretos velhos que ajudam os brancos de classe média paulistana a resolver seus conflitos existenciais, ou seja, o servilismo espirtual ainda existe.
Sem contar, que os médio classistas brancos de olhos azuis de São Paulo foram reis, rainhas, nobres na Europa. Se foram pobres, foram lindos camponeses de 32 dentes e loiros na Suíça, Áustria, celtas na Inglaterra, França.
Para os nossos médio classistas espíritas, nascer no BRasil foi uma provação, pois nunca haviam reencarnado aqui !! Aí vem os pretos velhos lhes servirem para abrandar suas angústias de terem nascido no Brasil. Nunca ninguém foi índio ou escravo no Brasil!! Sinceramentee, o movimento espírita no Brasil é uma piada de mal gosto. E olha que sou espírita e conheço a realidade aqui!! Só que sou mais racional !!!

Anônimo disse...

Falar das coisas sem ter conhecimento é um perigo... se quizer entender melhor, pegue o Evangelho Segundo Espiritismo, de Kardec, na lição chamada "Um reinado na terra"... é bem no começo. Vai ver que é o inverso do que falou. Pois é mais difícil passar um camelo por um buraco de agulha que um rico entrar no reino do céu.

Abs...

Pendragon disse...

Muito bom seus textos! hehehee

conheço vários membros dessa classe média, inclusive meu sogro espírita, que acredita saber mais sobre vida e morte do que um iluminado budista...aliás, qualquer dogmático, seja católico, espírita ou evangélico, ou qualquer outra religião é difícil de conviver e conversar sobre espiritualidade!

Sinisa disse...

porra esses espiritas são chatos demais, e são os maiores hipocritas que existem no meio religioso. Adoram falar mal da religiao alheia, mas quando criticam a dele, não gostam.

Me estourei de rir com o titulo do post, porque é tipico da classe média emergente virar espirita, até porque é uma religião (ou seja lá o que for) tipicamente brasileira...

casamento perfeito!

Anônimo disse...

Realmente, os espiritas são as pessoas mais hipócritas que já conheci !!!

Anônimo disse...

Não seja hipócrita ao afirma que as outras religiões não são falsas, vejo o budismo que em sua essência é divido, mas vem se derivando no Brasil, vejo os evangélicos, que se apossam das “leis” divinas para enriquecer como os católicos que na idade média e atualmente fazem o mesmo, vejam o candomblé, que mata animais em nome de um ou vários deuses, os católicos, que usam das “leis” divinas para esconder seus atos obscuros e para criar um caminho único para a humanidade!
A são tolos os tolos que por acharem que sabem mais ofendem as outras religiões, são todas boas, mas você e o restante a suja com nossos sentimentos, de cobiça, de lucros, e de ser mais inteligente ou iluminado que nossos conhecidos.

Então antes de ofender alguma religião se pergunte se é digno para isso.

Eduardo Marques disse...

"..., pois ganhou mais pontos nas fases anteriores"

Puta merda, essa foi demais!

Faltou falar nos livros da Zibia Gasparetto.

Anônimo disse...

texto pobre, fraco, preconceituoso.

nao sou espirita, mas sei o suficiente pra perceber que a sua vontade de fazer um humor barato supera o seu bom senso.

ou isso ou voce simplesmente eh ignorante.

Ricardo disse...

Quando deparei com essa postagem me decepcionei um pouco com o blog, não por ela ser tão somente leda ou eivada de 'ignorância' (se é que isso pode existir), mas por estar totalmente armada, nociva, agressiva e descriminatória... Quer uma dica? Desarme-se e estude muito antes de tentar arriscar qualquer tema. Um tomate podre pode contaminar todo o blog, se é que você tem algum aprreço por ele. Abraço.

Anônimo disse...

Hahahaha muito bom!
Analise fantatiscamente engraçada.
Pra quem tá levando à sério (demais).
Acorda ae tio, se ficar com rancorzinho vai perder pontos nessa vida e voltar pobre na próxima! hahahaha!
Abs

Paula disse...

Vocês falam que o texto é superficial e preconceituoso, mas se esquecem que essa é a intenção dele, pois essa é a visão do médio-classista.

Vamos combinar que isso aqui não é texto informativo, né?
Isso se chama "ironia" :D

Anônimo disse...

Esses reclamões manés aí são típicos representantes da classe média espírita & burra.
Porque religião estúpida é coisa de pobre, né? O espírita acha que é científico e coisa e tal.
Os espíritas podem ser bacanas e tolerantes (relativamente), mas é um papo-furado sem tamanho.
(Chico Xavier é viado, Roberto Carlos tem perna de pau-au-au.)

Anônimo disse...

... a doutrina é um papo furado sem tamanho, digo.
Mas eu até simpatizo com ela; meus parentes são espíritas e, de seitas malucas, há uma lista enorme de coisas piores.

Anônimo disse...

porcarias ininterruptas ... postei os últimos comentários sem ter lido tudo acima. Esse post revelou todos os classes-mérdias que, apesar de terem um pouquinho de auto-crítica e conseguirem rir, nervosamente que seja, dos post desse blog (a propósito, meus parabéns!), quando se coloca religião no meio vai tudo pelo ralo.
Espiritismo é uma mentira, pô. E mentira fácil de provar, porque a perna "científica" desse tripé cai só de soprar.
Só discordo do autor quando ele diz que a classe média usa o espiritismo para racionalizar a desigualdade social. O "sou rico porque mereço" não precisa de justificação alguma.

Transcendam a mentalidade mérdia da classe média e abandonem essa excrescência positivista importada da França.

Anônimo disse...

huahuahuuahuahuhauhauha
vcs SAO GENIOS!!! muito engraçado PARABENS!

hauhuahuahuahuha ainda to morrendo de rir aqui

Anônimo disse...

Eu sempre ouvi no centro que pobres são pessoas muito mais evoluidas que os ricos.. que eles escolhem vir pobres como provas de expiaçoes para purificar ainda mais o espirito.

E os ricos, pelo que me consta vão todos pro umbral (o inferno do espiritismo).

iara disse...

hahahahaha muito bom! escrevi algo parecido no meu blog sobre o filme Nosso Lar, se quiser: www.iarazul.wordpress.com

conde.marcio disse...

A galera classe média se identificou tanto com esse post, q tá saindo do armário! um-a-um

Lucas disse...

Isso encaixa perfeitamente nos espíritas que conheço. Fico pensando, é bem melhor acreditar que só temos essa vida para viver, e que antes ou depois dela não houve nem haverá nada. Você só tem ISSO para fazer o seu melhor, para conseguir tudo que deseja, se esforçar, não terá outra chance. Agora olhe como é chato ter outras vidas. E se eu cansar dessa era só suicidar hahahaha. Mas para contar os suicídios em massa, claro que precisam inventar um pretexto na forma de regra, a qual diz que sua vida futura será reflexo desta, portanto nem suicidam mais :\

Anônimo disse...

Classe média:PODRE E SUJA,sem indentidade!

Nanda disse...

Essa coisa típica de médio classista "espírita" q acha q encarnar no Brasil foi sua grande provação, casa bem com a minha teoria de q alguns (ou vários) "espíritos de porco" conseguiram isto aq como atalho mais suave para espiar sua "porquice", junto com seus camaradas (ou não) de outras vidas, e nem assim conseguem.

Nanda disse...

Ps1: dá trabalho encarnar, não é essa moleza toda não viu. Então é mais valiosa a dica "aproveite sua vida", e não é no sentido de enfiar o pé na jaca, como muitos entendem.

Ps2: o texto descreve bem a classe mérdia "espírita", cuja doutrina entra por um ouvido e sai por outro. Na prática essa galera vive é enfiando o pé na jaca em tudo q pode.

Ps3: cuidado com quem vc sacaneia hoje, pode virar seu "encosto" amanhã =P. E ao contrário do q prometem os pastores evangélicos, ele só larga do seu pé qdo ele quiser, ou quando vc realmente tiver mudado o bastante.

Ps4: classe média vive na moleza de ser remediado, e não ter q lidar com grandes tentações, pelo menos em sua maioria.

Anônimo disse...

CLASSE MEDIA WAY OF LIFE.. a idéia do blog é genial, porém o blogueiro tem conhecimento bem superficial sobre os temas..

Anônimo disse...

Espiritismo eh o mormonismo brasileiro. Eh fraude, mentira, conversa fiada. O engracado eh a ciencia deles....

tenha doh.

Espiritas, provem UMA ALEGACAO SE QUER
das coisas que vcs dizem, com reproducibilidade, aih comecaremos a conversar.

Ateh lah, eh voodoo de branco.

Anônimo disse...

Será que a minha mensagem também vai ser excluída?!

Hector Salles disse...

Definição da doutrina equivocada. Justamente por ter várias encarnações, existe grande mudança de status, raça, gênero sexual, etc. O ponto fundamental do mau espírita é justificar o sofrimento alheio como Karma e esquecer do mandamento número 1 : fora da caridade não há salvação.
A caridade também inclui, a conscientização política, onde se deseja o bem de todos os cidadãos .

Anônimo disse...

Burro é quem escreve sobre algo que não sabe.. vá procurar saber melhor do que se trata.
Quem se limita uma doutrina com esses dizeres só não é mais burro do que as pessoas que o seguem.

Anônimo disse...

Amar a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a si mesmo, eis toda a doutrina e os profetas.

Marcelo Marques Costa disse...

Eu só queria entender como pode haver "aprendizado" se o cabra não se lembra de nada das vidas passadas...

Marcelo Marques Costa disse...

Eu só queria entender como pode haver "aprendizado" se o cabra não se lembra de nada das vidas passadas...